Portal do Governo Brasileiro
Última Atualização: 06/10/2017 19:52

Com o propósito de oferecer formação profissional alinhada com o desenvolvimento socioeconômico sustentável, viabilizada pelo fortalecimento da atividade produtiva e da educação, ciência e tecnologia, o Campus de Crateús conta, atualmente, com os Bacharelados em Ciência da Computação, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Minas e Sistemas de Informação.

Bacharelado em Ciência da Computação

Foi criado pela Resolução Nº 42/CONSUNI, de 06 de novembro de 2013, com início das atividades acadêmicas no segundo semestre de 2014. Tem como objetivo formar profissionais aptos a introduzir melhorias e participar efetivamente em empreendimentos de software voltados para os mercados local e global, oferecendo a base teórica suficiente para que os seus egressos possam manter-se constantemente atualizados. Além disso, é objetivo deste curso preparar profissionais para construir, usando as técnicas da Ciência da Computação, sistemas de software corretos e eficientes. Atualmente, o curso conta com 94 alunos ativos. A conclusão da primeira turma está prevista para o segundo semestre de 2018.


Curso de Engenharia Ambiental

Foi criado pela Resolução Nº 14/CONSUNI, de 22 de julho de 2014, com início das atividades acadêmicas no primeiro semestre de 2014. Tem como objetivo a formação de profissionais de Engenharia que tenham forte embasamento nas Ciências Básicas (matemática, química, física e biologia), permitindo fundamentação sólida em Ciências de Engenharia e, mais especificamente, em Ciências de Engenharia Ambiental. O objetivo a ser cumprido com essa forte fundamentação é a criação, geração e desenvolvimento de novas tecnologias e aplicação de tecnologias consolidadas para prevenção e controle da poluição ambiental. Atualmente, o curso conta com 93 alunos ativos. A conclusão da primeira turma está prevista para o segundo semestre de 2019.


Curso de Engenharia Civil

Foi criado pela Resolução Nº 15/CONSUNI, de 22 de julho de 2014, com início das atividades acadêmicas no primeiro semestre de 2015. Tem como objetivo promover formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade. Profissionais com formação nessa área podem atuar em construtoras, indústrias e escritórios de construção civil. Além de edificar obras, pode atuar em bancos de desenvolvimento e investimento, em empresas de informática e até mesmo em funções administrativas, em cargos de gestão. Atualmente, o curso conta com 112 alunos ativos. A conclusão da primeira turma está prevista para o segundo semestre de 2019.


Curso de Engenharia de Minas

Foi criado pela Resolução Nº 34/CONSUNI, de 04 de setembro de 2014, com início das atividades acadêmicas no primeiro semestre de 2016. Tem como objetivo promover formação técnico-científica e de profissionais geralistas e capacitados a apreender e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade. Profissionais com formação nessa área podem atuar com pesquisa e prospecção de recursos minerais, planejamento e supervisão da extração de minérios, elaboração planos de desmonte de rochas, planejamento e realização de atividades envolvendo tratamento de minério, implementação de projetos de captação de águas subterrâneas, recuperação de áreas degradadas devido à atividade de mineração, elaboração de estudos de viabilidade técnica e econômica de empreendimentos mineiros, elaboração de projetos de execução de barragens, estradas, túneis e taludes e avaliação e redução riscos inerentes às atividades da mineração. Atualmente, o curso conta com 71 alunos ativos. A conclusão da primeira turma está prevista para o segundo semestre de 2020.


Curso de Sistemas de Informação

Foi criado pela Resolução Nº 27/CONSUNI, de 22 de julho de 2014, com início das atividades acadêmicas no primeiro semestre de 2016. Tem como objetivo a formação de profissionais da área de Computação e Informática para atuação em pesquisa, gestão, desenvolvimento, uso e avaliação de tecnologias de informação aplicadas nas organizações. Para atingir seus objetivos, o Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação deve propiciar formação básica sólida em Ciência da Computação, Matemática e Sistemas de Informação. Além disso, o curso deve investir em formação tecnológica, formação complementar com ênfase no estudo das organizações, formação humanística e formação suplementar. Atualmente, o curso conta com 68 alunos ativos. A conclusão da primeira turma está prevista para o segundo semestre de 2018.

Fonte: Diretoria Campus de Crateús – Ramal 9705