Portal do Governo Brasileiro
Última Atualização: 30/07/2020 10:11

Estão abertas, até 19 de julho, as inscrições para o segundo processo seletivo da ação de Inclusão Digital da Universidade Federal do Ceará, voltada para estudantes com vulnerabilidade socioeconômica. Desta vez, serão fornecidos mais 4.936 chips de Internet móvel, que se somam aos 6 mil chips previstos na primeira seleção. Nesta etapa, poderão se inscrever alunos de cursos de graduação e de pós-graduação.

O objetivo é garantir o acesso contínuo dos estudantes aos conteúdos acadêmicos que serão disponibilizados remotamente, visando à conclusão do semestre letivo 2020.1. A medida, conduzida pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), está em consonância com o Plano Pedagógico de Emergência (PPE), aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) no último dia 2 de julho.

Os chips (3G/4G) ‒ que terão 20 GB de dados de Internet por mês, com validade de julho a dezembro deste ano ‒ serão distribuídos da seguinte forma entre os campi da UFC: Fortaleza (3.952), Crateús (92), Quixadá (312), Russas (212) e Sobral (368).

INSCRIÇÕES ‒ De acordo com o Edital nº 9/2020, os estudantes podem se inscrever até as 23h59min do dia 19 de julho, por meio do formulário eletrônico para alunos de graduação ou do formulário eletrônico para alunos de pós-graduação. Os formulários ficarão disponíveis também, até a data final para inscrições, no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). O resultado final do processo está previsto para ser divulgado no dia 29 de julho. A data de distribuição dos chips será informada posteriormente.

Os candidatos inscritos precisam estar regularmente matriculados em cursos presenciais de graduação ou pós-graduação em qualquer dos campi da UFC e não possuir acesso à Internet fixa nem plano mensal de dados móveis (3G/4G) com capacidade superior a 15 GB.

Para estudantes de graduação, os pré-requisitos incluem casos de alunos contemplados este ano nos programas de assistência estudantil de responsabilidade da PRAE, como o auxílio-moradia, auxílio-creche, auxílio-alimentação emergencial, as bolsas de Iniciação Acadêmica e de Incentivo ao Desporto, entre outros. Também podem participar os alunos que tiveram as solicitações de auxílios e bolsas da PRAE indeferidas por insuficiência de vagas, bem como aqueles que não participaram dos programas de assistência estudantil e estejam inscritos no CadÚnico, do Governo Federal.

Entre as condições de participação para os estudantes de pós-graduação estão não possuir bolsa de estudos de qualquer instituição, das esferas públicas ou privadas, e não ter vínculo empregatício.

 

Outras informações sobre critérios de seleção, bem como a documentação exigida e o cronograma do processo podem ser consultadas no Edital nº 9/2020, disponível no site da PRAE.

SAIBA MAIS
Veja o resultado do primeiro processo seletivo da ação de Inclusão Digital

 

Resultados

 

Fonte: UFC INFORMA