Portal do Governo Brasileiro
Última Atualização: 21/10/2020 17:08
Alunos de Engenharia Civil do Campus de Crateús que realizaram o ENADE 2019.

Foi divulgado nesta terça-feira (20) pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o resultado consolidado do ENADE 2019. O Curso de Engenharia Civil do nosso Campus participou pela primeira vez do exame, com a participação de 23 alunos formandos do ano de 2019. O curso recebeu conceito máximo(5), obtendo nota contínua de 4.906. Essa nota foi a segunda melhor do país entre todos os cursos de engenharia civil de instituições públicas ou privadas, ficando atrás somente da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

 

A Coordenação do curso classificou o feito como “motivo de muita alegria e satisfação” destacando o fato de ser apenas a primeira turma a se formar e, consequentemente, a primeira turma do curso a realizar o exame, além de ressaltar a superação das dificuldades inerentes à um Campus no interior: “Provamos que geografia não determina capacidade e, contra todos os prognósticos, obtivemos um dos melhores desempenhos no Brasil” (Integra da nota ao fim do texto).

O curso obteve nota máxima também no Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Componente do Conceito Preliminar de Curso (CPC), o indicador busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no ENADE e no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

 

A Direção do Campus, por meio do prof. Sandro Lima, vice-diretor, externou seu orgulho e parabenizou professores e alunos pela conquista: ” Esse resultado é fruto da dedicação de todos que compõem o curso; coordenação, estudantes, docentes e servidores, que apesar de todas as dificuldades, fizeram um belo trabalho. Gostaria de parabenizar os estudantes e ao curso pelo ótimo desempenho e por essa grande conquista. Essa conquista é um exemplo que reforça a importância da interiorização da universidade como agente mobilizadora de transformações socioeconômicas para os Sertões de Crateús”.

 

Os cursos de Engenharia Civil de outros campi da UFC também foram destaques e receberam conceito máximo, é o caso do curso dos campi de Russas, obtendo a 13ª maior nora do país, e Fortaleza, 32ª. No total 13 cursos da UFC em diversas áreas e campi obtiveram conceito máximo no  ENADE, ao todo, 26 curso da instituição foram avaliados. (leia aqui)

 

EXAMEE – O ENADE, aplicado pelo INEP, avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. A primeira aplicação da prova ocorreu em 2004, e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento. A próxima prova, antes prevista para novembro deste ano, foi adiada para 2021 por conta da pandemia de covid-19, com aplicação para estudantes de 30 áreas que compõem o Ano II do Ciclo Avaliativo do exame, com foco nos bacharelados e licenciaturas de ciências exatas e áreas afins.

Integra da  Nota da Coordenação

“É motivo de muita alegria e satisfação termos obtido tão grande êxito em nossa primeira participação no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE 2019) estando em segundo lugar do Brasil entre os cursos de engenharia civil. Este resultado é para nós uma marca de superação, de quebra de expectativas, de autoafirmação do nosso curso que tem apenas uma turma concluída. Provamos que geografia não determina capacidade e, contra todos os prognósticos, obtivemos um dos melhores desempenhos no Brasil. Nós da coordenação de engenharia civil gostaríamos de agradecer a cada aluno (a), docente, gestores acadêmicos – direção (primeira na pessoa da Profa. Maria Elias e atual com os Prof. Lívio e Prof. Sandro), demais coordenações de curso e a gestão superior, especialmente COPAV nas pessoas da Profa. Maria do Socorro e do Marcelo Wilton. Agradecemos ainda a cada servidor do campus e aos terceirizados que fazem parte da nossa história e sem os quais não chegaríamos a este resultado. Essa vitória é de vocês, parabéns!” Prof. Alan Michell Barros Alexandre – Coordenador EC Prof. Luis Felipe Cândido – Vice-Coordenador EC